Conteúdo

Alimentação e atividade física em contexto de contenção social

A Direção-Geral da Saúde, em colaboração com o Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, está a realizar um estudo para conhecer oscomportamentos alimentares e de atividade física dos portugueses em contexto de contenção social, para combate à pandemia da COVID-19.
Trata-se de um estudo promovido no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física (PNPAF) e do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS), sendo as investigadoras responsáveis Maria João Gregório e Marlene Nunes Silva, da Direção-Geral da Saúde. Os métodos e a implementação do estudo são da responsabilidade do Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, sob coordenação de Osvaldo Santos.
Se tem 18 ou mais anos de idade e se está em contenção social há, pelo menos, uma semana, a Direção-Geral da Saúde agradece o seu contributo no estudo através do preenchimento deste questionário. Entendemos por contenção social o não sair de casa ou sair apenas para fazer as compras essenciais, para atividade física ou para passear animais de estimação.
Se não estiver em contenção social, agradecemos que divulgue este questionário a pessoas que estejam nesta situação.
A sua participação é muito importante para que se possam definir estratégias para mitigar os impactos menos positivos da pandemia em termos dos comportamentos alimentares e de atividade física. Consiste apenas na resposta a um questionário que demorará cerca de 20 minutos a preencher. No final do questionário, terá oportunidade de decidir se permite ou não um eventual contacto posterior, daqui a 2 ou 3 meses (em função da evolução da situação epidemiológica em Portugal), para repetir o preenchimento do questionário.
A sua participação é voluntária e se preferir não responder não há qualquer prejuízo para si. Poderá, também, desistir de participar a qualquer momento.
Este estudo foi aprovado pela Comissão de Ética do Centro Académico de Medicina de Lisboa. As suas respostas são recolhidas e mantidas de forma confidencial e cumprindo a legislação aplicável em matéria de proteção de dados. Os dados recolhidos, confidenciais, serão protegidos de forma segura e acessíveis apenas à equipa de investigação. As respostas serão analisadas de forma agrupada, e nunca de forma individual.
Para responder a este questionário, confirme que aceita as condições de participação e clique no botão "Seguinte" no final da página.
Em caso de dúvida, pode contactar a equipa de investigação através do endereço: isamb-info@medicina.ulisboa.pt
 

Desporto

A política desportiva da Câmara Municipal de Valença vai ao encontro da promoção do desenvolvimento sustentado da prática da atividade física e desportiva tendo como finalidade de ter mais e melhores praticantes, atuando ao nível das infraestruturas desportivas, em parceria com as estruturas associativas e outras entidades desportivas.

As principais áreas de intervenção relacionam-se com  o fomento da prática ao desporto saudável, com vista à melhoria dos níveis de saúde, através dos programas de promoção desportivo como Convívios, Passeios e Provas Desportivas, com o apoio ao associativismo desportivo e com infraestruturas desportivas.