SEGUNDA-FEIRA, 08 FEVEREIRO 2016
entrar
pesquisar introduza o texto a pesquisar
Pagina Inicial
 
Ponte Internacional ponte noite fortant fortponte perspectttv fortnova fortnova5
Hotspots
Galeria de Imagens
Mapas Interactivos
Agenda 21
Vale do Minho
Vale do Minho Digital
 
Portal Municipal de Valença » Economia » Indústria e Logística
Valença nova Centralidade em Potência

Avança o Plano de Urbanização para Plataforma Logística e Áreas Empresariais de Valença

    A Câmara Municipal de Valença conseguiu desbloquear o processo da Plataforma Logística, com os pareceres favoráveis da tutela ao  P.U.A.E.V. – Plano de Urbanização da Área  Empresarial de Valença. Anunciada em 2006 a Plataforma Logística de Valença só agora recebeu os pareceres favoráveis para poder avançar.
    A Câmara Municipal tem desenvolvido um intenso trabalho negocial com a tutela para garantir um  planeamento e ordenamento do território, para esta zona, que salvaguarde e garanta novos investimentos industriais e logísticos, bem como a sustentabilidade ambiental deste território.
    O P.U.A.E.V.  abrange a área do Parque Empresarial de Valença, a primeira e segunda fase da Plataforma Logística e as áreas de expansão junto ao nó da auto-estrada A3, em zonas das freguesias de Gandra, Cerdal e São Pedro da Torre. Com o P.U.A.E.V. Valença ganha uma área de 7,3 km2 (730 hectares) aptos para instalações industriais e logísticas, divididos por uma área inicial correspondente à Plataforma Logística e duas áreas de expansão.
    Os pareceres favoráveis de desafetação de áreas da R.A.N.- Rede Agrícola Nacional  e da R.E.N.- Rede Ecológica Nacional, emitidos já pelas entidades da tutela, ao P.U.A.E.V. são um passo fundamental para o avanço da concretização da Plataforma Logística de Valença.
    A Plataforma de Valença é multimodal e transfronteiriça e dará apoio à atividade logística da região norte e ao sul da Galiza e terá como grandes objetivos:  alargar o hinterland do Porto de Leixões a toda a região norte da Península Ibérica;  dinamizar a atividade económica do Minho, através da captação  de investimento português e galego e da dinamização da indústria local, facilitando a distribuição da sua produção; reordenar as plataformas e tráfegos da região.
    Esta plataforma foi anunciada pelo Governo Português em 2006 e contratualizada entre o governo e a Way 2B em 2009.
 

Meteorologia

M 15 ºC m 12 ºC

Nublado
Serviços On-line
Desenvolvimento
Informações úteis
Contactos
Política de Privacidade
Ligações Úteis
Mapa do Portal